Tudo que você precisa saber sobre concursos públicos

Quer saber tudo sobre este universo? O artigo de hoje é para fazer você sair especialista no assunto e começar a sua preparação.

O profissional que está inserido no mercado de trabalho brasileiro se sente cada vez mais receoso em relação ao seu futuro quando leva em conta as incertezas que fazem parte do panorama do funcionalismo privado atualmente. A dificuldade do país em retomar um bom resultado na atividade econômica leva à queda de empregos formais e faz com que a procura por concurso público seja um caminho interessante para buscar melhores condições.

Somando as esferas municipal, estadual e federal, os concursos públicos têm, em média, 21 milhões de inscrições todos os anos. A satisfação pessoal em ter a certeza de receber estabilidade profissional, remuneração e benefícios considerados altos em relação à realidade profissional, além de plano de carreira e a sua aposentadoria garantida, são características que atraem o público e que fazem com que a busca por cursos para concurso cresça cada vez mais. 

Grande parte de quem procura por esses serviços de preparação sabe que quer garantir a sua aprovação, mas, proporcional a sua vontade é, também, o tamanho do seu desconhecimento sobre o assunto. A Casa do Concurseiro é especialista na área, seja qual for a carreira de especialização e é com o objetivo de esclarecer todas as suas principais incertezas que o texto de hoje aqui do Blog da Casa existe.

Acompanhe!

O que é concurso público?

Normalmente, os interessados em ingressar no funcionalismo público entendem que estudar para concurso público é a forma ideal de conquistar seus principais anseios para o futuro profissional e estabelecer um projeto de vida com garantias e estabilidades, mas desconhecem os processos e os propósitos da carreira pública. 

Antes mesmo de iniciarem seus estudos, já se deparam com uma dúvida – a de como escolher para qual concurso estudar. As oportunidade são diversas e estão divididas em algumas áreas, entre elas: 

  • Bancária;
  • Fiscal;
  • de Segurança Pública;
  • Administrativa;
  • de Educação;
  • Operacional;
  • de Saúde;
  • Forças Armadas;
  • de Tribunais;
  • de Auditoria. 

Entretanto, demora um pouquinho para que o aprovado adquira realmente a estabilidade no órgão público. Ele precisa passar pelo estágio probatório, que, via de regra, dura três anos e só após este prazo é que o servidor público não poderá mais ser demitido – salvo algumas poucas situações.

Os processos de concursos públicos no Brasil são geralmente realizados por empresas especializadas. Apesar disso, a responsabilidade da avaliação dos serviços cabe às áreas de Recursos Humanos legalmente designadas. A análise dos candidatos é realizada por meio de prova justamente para que o processo seja democrático, com pessoas competindo em igualdade de condições.

O formato também é utilizado para evitar que políticos usem de sua influência para desrespeitar os princípios de igualdade e isonomia e, desta forma, destinar aos cargos públicos pessoas do seu ciclo de convivência, como parentes e amigos.

Para que você entenda, de fato, o que é um certame, você vai precisar entender o que é um edital para concurso público. Ele é uma das etapas mais importantes do processo e é o instrumento que define todos os direcionamentos e caminhos a serem seguidos pelo órgão e pelo concurseiro. 

É de suma importância para a sua preparação e de entendimento que faça a leitura do documento. Quer entender mais sobre isso? Aqui mesmo, no blog, você encontra um artigo que vai nortear esta etapa da sua vida.

Edital de concurso: o que é, como ler e como entender

E por falar em etapas, este é outro ponto que levanta muitas dúvidas entre os concurseiros…

escrevendo-materia-no-caderno

Como funciona um concurso público?

A publicação do edital e a realização da prova são apenas duas partes de um processo longo para a realização de um concurso público. Antes de tudo isso, existe uma série de processos internos e externos que determinam as necessidades de um certame ser efetivado.

Primeira fase: o órgão identifica a necessidade de novos servidores 
É através de um déficit no quantitativo de servidores públicos da instituição que o órgão entende a necessidade de abertura de um novo concurso. A situação é bastante comum e surge por conta de aposentadorias ou de realocação de profissionais. 

A ação de ocupar essas vacâncias é avaliada e, se existir a percepção de que, em algum momento, as atividades serão prejudicadas, iniciam os processos internos para que seja realizado um novo concurso público.

Segunda fase: o concurso é autorizado
Após o órgão entender que há essa necessidade, precisa solicitar ao Ministério do Planejamento as providências para a realização do certame. Na sequência, o pedido será avaliado e autorizado ou não. 

Em caso de deferimento, também é determinado o número de vagas que serão ofertadas e, em relação a concursos da esfera federal, o prazo é de seis meses para a divulgação do edital.

Terceira fase: a comissão organizadora é formada
Após ser autorizado a realizar o certame, o órgão deve formar a comissão examinadora que vai acompanhar todo o processo estrutural do concurso. É necessário que a composição da equipe seja de membros que são servidores públicos da instituição.  

Todo os trâmites serão fiscalizados pela equipe, desde a etapa de produção do projeto básico até aos processos de pós-edital. A comissão tem papel fundamental na efetividade da quarta etapa de realização de um concurso.

Quarta fase: a banca examinadora é contratada
Bancas examinadoras é como são chamadas as empresas especializadas em realizar provas de concursos públicos. Elas são analisadas e selecionadas pela comissão organizadora e sua escolha é uma etapa fundamental, já que define, também, a estrutura básica da prova do concurso.

Ao saber a banca, é recomendado que você inicie seus estudos direcionando-se ao formato de questões cobrado nas provas. 

jim-carey-digitando-rápido-todo-poderoso

Quinta fase: o edital passa pelo processo de desenvolvimento
Este é o momento mais esperado pelo concurseiro, pois é aqui que serão decididas todas as informações importantes do concurso. No documento, você encontrará detalhes de realização, conteúdos e regras a serem cumpridas.

Sexta fase: o edital é publicado
A publicação do documento é feita no Diário Oficial e é de suma importância que o candidato faça a leitura completa e com calma. Conhecido como “a lei” do concurso público, é importante que se tenha conhecimento de cada detalhe para não ser prejudicado.

É fundamental que o concurseiro não espere pelo edital para iniciar a sua preparação para o concurso público. A divulgação do documento, acontece, frequentemente, pouco tempo hábil antes do dia da prova. 

Por isso, espere o edital para ficar atento aos detalhes do certame e inicie a sua preparação com quem é especialista na área para direcionar você. Com preparatórios de qualidade, você terá o direcionamento que é necessário para uma preparação eficaz e sem precisar do edital, além de atualizações sempre que necessário após a divulgação.

Falando nisso, esse é o próximo assunto!

torcedor-criança-comemorando-hockey

Por que estudar para concursos?

Como falamos no início do artigo, é cada vez mais comum que encontremos amigos, colegas ou familiares que sonham com o ingresso no funcionalismo público. O número de interessados é maior e, consequentemente, a quantidade de inscritos nos certames também. Por conta disso, cada vez mais candidatos apresentam a qualificação técnica adequada para a hora da prova.

O termo desafio pode descrever bem o que passa a ser a preparação de um concurseiro quando ele se propõe a ser um servidor público. Entretanto, é fundamental que o sentimento de abalo não alcance você e não se torne uma frustração, já que o processo de um concurso público é de médio a longo prazo.

Neste cenário, o ideal é seguir com os estudos e, mesmo ao se deparar com um momento de conflito, transformar esse sentimento em um combustível que dá mais energia para seguir em busca do sonho de ter estabilidade profissional e financeira. O segredo é ser resiliente.

O professor Daniel Sena escreveu um artigo aqui no Blog da Casa falando sobre a sua capacidade de ser resiliente e como dar a volta por cima em momentos de dificuldade e o quanto isso é importante, também, dentro do universo de concursos públicos.

Transformando o limão em limonada

Sabemos que esta etapa é complicada, afinal, você se afasta de situações e pessoas que são prazerosas para você, como amigos, convivência com a família e lazer. É normal chegar a um ponto e se perguntar: “por que estudar para concursos?”.

ouvindo-a-resposta

A resposta é: porque é seu sonho e você consegue!

Não abra mão de garantir o seu futuro. 

Ao contrário da iniciativa privada, onde você pode ser demitido a qualquer momento, um servidor do funcionalismo público adquire estabilidade após três anos de trabalho, além de salários maiores e sem distinção – todos do mesmo cargo recebem o mesmo valor. Seus direitos serão maiores e melhores, como, por exemplo: adicional por tempos de serviço e gratificações especiais conforme o perfil do cargo.

Foi como dissemos acima: o seu futuro será garantido. A sua aposentadoria não é pelo regime geral da previdência (INSS) porque os funcionários públicos contam com sistema próprio de aposentadoria, que varia nos âmbitos federal, estadual e municipal.

São muitos benefícios e você não pode desanimar agora. A Casa do Concurseiro está do seu lado e pode ajudar na sua preparação. Inclusive, este é o próximo assunto do artigo.

Como estudar para concursos públicos?

Se você chegou até esta parte, temos certeza que você não vai desistir do seu sonho de passar em concurso público. Então, você já tem o espírito do concurseiro dentro de você. 

Agora vamos seguir e ir para a parte principal do processo: o estudo!

Não existe nenhuma fórmula mágica que vai fazer o conteúdo necessário para mandar bem na hora da prova entrar na sua cabeça. A atividade é árdua e você vai precisar passar por isso. Ninguém mais vai poder fazer por você, mas você não precisa estar sozinho nessa hora. Estamos aqui para ajudar e separamos algumas dicas podem ajudar no processo de aprendizado.

comemorando-resultado-concurso-publico

Organize a sua rotina e crie um planejamento para os seus estudos porque, dessa forma, você consegue se organizar e vai ser muito mais fácil alcançar a sua meta. Planejar o que deve ser estudado e criar um cronograma vai ajudar você a ter um visão geral do que deve ser feito. 

Aqui no Blog da Casa, você vai encontrar um artigo em que abordamos de forma mais aprofundada os ciclos de estudos e como eles farão com que você estabeleça uma rotina para facilitar a sua preparação.

Como criar ciclos de estudos

Afinal, a organização é fundamental, ainda mais quando se tem uma rotina corrida como é a do mundo contemporâneo, em que é necessário estudar e trabalhar em turno integral. A palavra-chave para obter sucesso é otimizar o tempo, afinal, a qualidade é muito melhor que a quantidade.

Ter um conteúdo desenvolvidos por especialista e aproveitá-lo é muito mais eficaz que ter um material qualquer e estudá-lo por muito tempo. Qualquer intervalo de tempo da sua rotina pode ser um espaço para leitura de conteúdos exigidos pelo certame. O horário de almoço, após o horário de trabalho, enquanto estiver no ônibus ou transporte e o sábado em casa são opções para quem tem uma agenda atarefada. 

Como conciliar estudos para concurso e trabalho em turno integral

É claro que utilizar o seu lar como espaço para estudo não é nada fácil. É televisão, computador, celular, tarefas de casa… São muitas distrações que podem fazer você se desfocar da assunto principal, que é a sua preparação. Mas, é claro que existem maneiras de facilitar esse processo.

Como estudar para concurso público em casa?

A caminhada é longa, mas estamos ao seu lado. A sua aprovação também é nossa missão e é por isso que a Casa do Concurseiro é especialista no assunto. O funcionalismo público tem chamado atenção por conta dos seus benefícios e oportunidades de construir carreiras promissoras.

Mas, proporcional ao tamanho da procura, é, também, o tamanho da preparação e qualificação que a Casa do Concurseiro pode e vai oferecer. Já são mais de 38 mil alunos aprovados em concurso públicos de nível superior e médio por todo o país. 

Esperamos ter ajudado você a esclarecer qualquer dúvida com relação ao universo dos certames e queremos ajudar na preparação para que você conquiste o cargo de alto nível que sempre sonhou. A sua aprovação virá!

agradeicmento-blog-post-casa-do-concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *