PRF – edital publicado: como se preparar em 2 meses

Como se preparar em 2 meses para o concurso da PRF e garantir um salário de quase R$10 mil.

Se você achou que a única notícia boa do ano seria a publicação do edital da PF, errou feio. Saiu no dia 18/01, o edital da PRF. Isso mesmo, vai ter concurso da PRF, pois o edital da Polícia Rodoviária Federal foi publicado. E pode ter certeza que este será o ano dos editais. Então, prepare-se muito!

Ao todo serão 1.500 vagas, todas para este ano. O salário inicial é de R$9.899,88 e a banca é a Cebraspe. As inscrições vão de 25/01 a 12/02 e a prova será no dia 28/03, ou seja, você tem 2 meses para se preparar.

Uma diferença desse concurso é que ele não tem regionalizações. Portanto, quem fizer o certame concorrerá nacionalmente e não por regiões, como aconteceu em versões anteriores. O diretor-geral da PRF, Eduardo Aggio, já havia declarado isso em coletiva de imprensa no dia 06/01.

No mesmo evento, ele também afirmou que este será o maior curso de formação da história da PRF, uma vez que nenhum curso de formação, até então, contou com 1.500 novos profissionais. Infelizmente, a informação divulgada pelo diretor-executivo da PRF, José Lopes Hott Junior, de que seriam 2.000 vagas não se confirmou, ficando o número em 1500.

O que é preciso para concorrer?

Além dos requisitos básicos, solicitados na maioria dos concursos, como ser brasileiro nato, também é preciso:

  • Possuir nível superior em qualquer área;
  • E, CNH na categoria “B”.

Agora que você sabe os principais detalhes sobre o concurso da PRF, temos uma super novidade para você. Preparamos nove dicas de como você pode se preparar em 2 meses para o concurso da PRF. Certamente isso fará toda a diferença na sua jornada.

9 dicas para ser aprovado no Concurso da PRF em 2 meses

O advogado e professor de cursos preparatórios para concursos, Rodrigo Garbbi, preparou nove dicas para você garantir a sua carreira policial ainda este ano.

Dica 1 – Concurso da PRF

“Estude sem estar com o celular por perto. Desligue e ou deixe-o em outro cômodo (no silencioso, é óbvio!”, relata Garbbi.

Você, assim como nós, sabe o quanto o celular tende a nos distrair. É uma mensagem que chega no Whatsapp, ou publicação nova no Instagram, outra no Facebook. Daí você pensa “vou dar apenas uma olhadinha”, e quando percebe já perdeu mais meia hora do dia. E todo concurseiro raiz sabe a diferença que cada minuto faz.

Dica 2

“Evite toda e qualquer distração possível: televisão, rádio, família, passarinho cantando, borboleta na janela, etc”, afirma Garbbi.

Assim como na dica 1, não apenas o celular é uma distração em potencial que nos faz perder um tempo precioso. Por isso, evite toda e qualquer distração.

Dica 3

“Monte um cronograma de estudos. Sempre programe na semana anterior o que você estudará na semana posterior. É lógico que isso vai te economizar muito tempo.”, destaca o professor.

Existe um ditado antigo que diz que para se cortar uma árvore com mais precisão é preciso antes afiar bem o machado. Por mais que pareça que o lenhador está gastando tempo ao afiar o machado, o tempo que ele economiza pelo seu instrumento de trabalho estar perfeito é incrível.

O mesmo vale para um concurseiro. Você irá gastar tempo com o planejamento, mas economizará um tempo ainda muito maior por ter feito isso. Portanto, não deixe de se programar e fazer o seu cronograma.

Dica 4

“Estabeleça metas alcançáveis dentro do curto espaço de tempo que você tem disponível. Também estabeleça recompensas quando atingidas essas metas”, frisa Garbbi.

Existe uma teoria na comunicação social, que data da década de 40, e que se chama “Usos e Gratificações”. Basicamente, de uma forma bem simplória, ela mostra o quanto recompensas estimulam os indivíduos.

Portanto, toda vez que você alcançar as metas que se propôs você irá receber uma recompensa, o que irá fazer você ter mais vontade de alcançar as demais metas, e assim sucessivamente. Devido a isso, o seu rendimento e a sua disposição irão aumentar gradualmente.

Dica 5

“Se o tempo disponível realmente for muito curto, procure estudar por materiais mais sucintos: pdf’s ou sinopses”, explica o professor.

Quando temos mais tempo à disposição, a indicação é utilizar livros, ler as leis completamente, procurar entendê-las. Contudo, você tem apenas 2 meses. E sabemos o quanto é difícil nesse curto espaço de tempo ler tudo que você precisa. Por isso, pdf’s e sinopses são de extrema importância para a fixação do conteúdo.

Dentro da programação, caso você veja que é possível, coloque materiais mais complexos para leitura também. Mas somente se você achar que dá conta, senão foque no principal.

Dica 6

“Dê ênfase à resolução de questões: faça muitas e muitas questões, pois para quem tem pouquíssimo tempo disponível, a resolução de questões tende a ser a forma mais rápida de aprendizagem”, relata Garbbi.

O cérebro humano possui diversas formas de aprendizagem. O ato de resolver questões trabalha com diversos gatilhos diferentes, uma vez que você vai precisar refletir sobre cada questão, fazer conferência e, também, irá se adaptar a linguagem da banca.

Dica 7

“É importante que você tenha autoconhecimento: em que momento do dia você rende mais nos estudos? De manhã bem cedo, à noite, de madrugada? Procure estudar exatamente no período em que você mais rende”, ressalta Garbbi.

Pode parecer óbvio dizer isso, mas cada pessoa rende melhor em um horário diferente. Tem pessoas que rendem mais de dia, outras de madrugada. Não force seu corpo tentando render mais em um horário que não é o seu. Você precisa se conhecer e ver qual seu horário de melhor rendimento nos estudos.

Se você não sabe, faça o teste. Alterne os horários de estudos e veja em qual você produz mais. Caso você ache esse procedimento muito enfadonho é possível procurar uma psicóloga e fazer uma testagem. Atualmente, existem testes que dizem qual seu melhor horário de rendimento, e o resultado é sempre o mesmo, indiferente em qual horário do dia é feita a testagem.

Dica 8

“Faça os seus próprios mapas mentais e resumos. Evite ler o material alheio se você tiver tempo disponível para montar esses tipos de materiais. Montar o nosso próprio material de revisão ajuda muito na memorização da matéria. Além de que, posteriormente, é a forma mais rápida de você revisar o conteúdo”, destaca o professor.

Como falamos anteriormente, cada pessoa possui uma forma de memorização diferente. Você elaborar seus próprios mapas e resumos, assim como resolver questões, ajuda na fixação do conteúdo, para que você continue a lembrar mesmo após passados diversos dias. Além disso, eles serão importantes para você fazer sua revisão posteriormente.

Dica 9

“Mantenha a constância nas revisões/estudos e tenha calma. Ninguém aprende tudo sobre a Teoria Tripartida do Crime ou Controle de Constitucionalidade em 24 horas. É a repetição, repetição, repetição que nos leva à excelência”, conclui Garbbi.

E, como você tem apenas 2 meses, dê tudo de si. É possível sim garantir a sua carreira de policial no concurso da PRF nesses pouco mais de dois meses que você tem à disposição. Contudo, isso vai exigir muita dedicação e constância da sua parte. Por isso, vamos dar uma décima dica de bônus para você

Dica 10 – Como ter uma preparação eficaz para ser Policial Rodoviário Federal

Prepare-se com a Casa!

Aqui você terá acesso aos melhores professores e materiais do mercado. Além de que, com as nossas videoaulas, você estuda de acordo com o edital atual, com material sempre atualizado e de ponta.

Para lhe ajudar a conquistar sua carreira policial em 2021, estamos com uma promoção de 40% OFF no curso preparatório para a PRF.


Para ter acesso a esse desconto use o cupom PREVENDAPRF.

Quero meu desconto

Você também pode se inscrever em nosso site e receber, gratuitamente, acesso a três disciplinas completas:

  • Português – Prof. Renato Porpino
  • Direito Constitucional – Prof. Ubirajara Martell
  • Direito Administrativo – Prof. Ariel Zvoziak

Quero me inscrever

Concurso PRF

Situação: Edital publicado

Número de Vagas: 1.500

Cargo: Policial Rodoviário Federal

Escolaridade: Nível superior

Banca: Cebraspe

Remuneração Inicial: R$ 9.899,88

Seja parte da PRF estudando com a Casa

Vale destacar que o concurso da PF também teve seu edital publicado. Para saber mais leia o artigo Edital publicado para o concurso da Polícia Federal!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *